mensagem-de-nossa-senhora-raymundo-lopes

Não se abstenham de conhecer as doutrinas da Igreja

Terça-feira, 07 de dezembro de 1993

Meus filhos amados!

Meu coração se enche de alegria com a proximidade do Natal, porque desejo conduzi-los, através do que falo, pelos caminhos da esperança, alimentados pela força dignificante do trabalho por um mundo mais digno do Deus que os ama tanto. Meditem comigo, meus filhinhos, este mês, o meu Rosário. Eu os acompanharei, atenta, nas suas orações e as devolverei em graças sobre a terra.

Primeiro Mistério
O Anjo do Senhor é o portador da mensagem da Boa Nova e o Espírito Santo o inspirador da Igreja forte, pura e renovada. Jesus necessita ser anunciado a todos como a aurora que surge, iluminando o futuro da Igreja com a graça da promessa de Sua permanência entre vocês.

Segundo Mistério
É meu desejo ardente que vocês encontrem, na caridade, uma felicidade constante em servir ao próximo. Imploro a todo instante a Deus para que toque o coração de vocês e o abra para que Jesus o visite. Estejam atentos à caridade e sempre prontos em servir. O Céu recebe com alegria este ato de amor fraternal.

Terceiro Mistério
Minhas filhas, queridas mães, sejam dignas do milagre da maternidade e façam dela um ato responsável, porque é Deus manifestado em vocês na continuação da espécie.
Sejam o caminho seguro para seus filhos, para que o futuro desta nação seja coroado com o exemplo de vocês. Já lhes disse e chamo mais uma vez a atenção de vocês: examinando seus atos, poderão prever o futuro de seus filhos.

Quarto Mistério
A disciplina é o meio pelo qual se organiza a mente humana, evitando que não caiam na desgraça de um coração inconseqüente, disperso, propenso ao desequilíbrio. Se querem usufruir da ordem, é através da disciplina que isto deve ser conseguido.
Apresentem a Deus, pela vivência na oração, seus filhos e comecem, desde cedo, através do exemplo da disciplina, a forjar em suas mentes o modelo da alma que desejam devolver ao Céu.

Quinto Mistério
Meus filhos, o ato de julgar envolve discernimento e co-nhecimento sobre o que se julga; caso contrário, corre-se o risco da injustiça, e isto é uma falta grave, transformando-os em réus sobre o que foi julgado. Para não incorrer neste risco, vocês devem ocupar-se com tudo o que seja afirmado na verdade.
Não se abstenham de conhecer as doutrinas da Igreja e as obrigações do Estado, para que possam, com certeza, defender a sociedade e conduzi-la com sabedoria.
A Igreja é forte quando seus membros, imbuídos da responsabilidade do conhecimento de seus preceitos, defendem-na nas horas oportunas.
O Estado é seguro quando seus representantes conhecem estas doutrinas, porque espelham seus atos e obrigações sociais nestes princípios.
Meus caros e amados filhos, vocês podem esperar a glória do Céu prometida por Deus, desde que se amem e deixem prevalecer Sua vontade.

Obrigada por terem atendido a Meu chamado.

Aperte o play abaixo e escute a Mensagem de Nossa Senhora

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana