mensagem-de-nossa-senhora-raymundo-lopes

Desejo provocar na terra um enorme despertar da fé

Terça-feira, 10 de outubro de 1995

Meus amados! 
Tenho pedido constantemente que acreditem em Deus e te-nham fé em Sua presença. A fé é a única porta que os levará ao contato com o Reino de Deus.
Jesus foi firme e objetivo, quando dissertou sobre a qualidade e a quantidade da fé. Se a tivermos, nem que seja numa ínfima parte do nosso coração, poderemos mostrar ao mundo grandes prodígios. Isso nos esclarece que, com fé, podemos mudar o comportamento humano e transformar a terra.
Meus queridos, a fé nos leva a servir a Deus incondicionalmente e a reconhecer nossa condição de servos. Ao entregarmos nosso espírito a Deus, imbuídos da plena vontade de apenas O servir, o entregaremos confiantes de que fizemos na terra o que nos foi estabelecido pelo amor divino: servir, servir…
Meus filhos, desejo provocar na terra um enorme despertar da fé, com minhas visitas e meus sinais, mas insisto que sirvam com o propósito de também suscitar em vocês o amor fraterno e a união em prol de um único ideal: paz, paz, paz … 

Obrigada por terem atendido a Meu chamado.

Aperte o play abaixo e escute a Mensagem de Nossa Senhora

Comentário:

A Mãe de Deus nos pede fé, garantindo-nos que se a tivermos, por ínfima que seja, poderemos transformar a terra. Isto não é novidade, porque Jesus, na parábola da mostarda, deixou bem clara essa condição. Estamos diante de uma dura verdade: não temos fé. Esta nossa absoluta falta de fé está nos arrastando ao desamor e à iniqüidade e nos transformando em quase-irracionais. Maria quer despertar na humanidade o poder de acreditar e ter fé, e isto ela o faz através de suas aparições, sinais e mensagens. Ocorre-nos, então, uma reflexão até certo ponto audaciosa: é preferível abrir o coração ao sobrenatural que nos envolve, a trancá-lo no egoísmo materialista, onde nos arvoramos em donos da verdade, que somente nós imaginamos conhecer. Vamos ao menos tentar fazer o que ela tanto nos pede: colocar-nos na posição de servir, para construirmos paz, paz.

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana