mensagem-de-nossa-senhora-raymundo-lopes

Perdoar setenta vezes sete

Terça-feira, 17 de setembro de 1996

Meus amados filhos! 
Quero falar-lhes sobre o perdão. Se não tiverem, no coração, a semente do perdão, sempre pronta a fazer germinar, no íntimo das pessoas, a flor da caridade que produz a paz interior, não terão nunca a proximidade de Deus.
Deus é amor. Por isso, Deus perdoa e deseja que vocês façam o mesmo com seu próximo. Perdoar setenta vezes sete, perdoar sempre, é a regra áurea da felicidade em estar seguro com Deus.
O amor é a alavanca que moverá o mundo em direção à paz; e perdoar será sempre a base segura dessa alavanca.
Jesus amou a humanidade e deseja continuar amando-a infinitamente, e faz do perdão o caminho para que o Seu diálogo amoroso com o coração das pessoas aconteça até o final dos tempos.
Se não souberem perdoar, não saberão nunca avaliar a extensão do amor de Deus.

Obrigada por terem atendido a Meu chamado.

Aperte o play abaixo e escute a Mensagem de Nossa Senhora

Comentário:

Maria insiste aqui na importância do perdão, como regra áurea da felicidade. Uma insistência que seria desnecessária, se trilhássemos o caminho do amor fraterno. Infelizmente, quantas vezes fazemos o contrário. Levados por sentimentos de amargor, de ressentimento e até de ódio e vingança, não conseguimos perdoar. O amor pode mover o mundo, pode repô-lo no rumo da felicidade. Utopia! – exclamarão muitos. Entretanto, para o Céu, esta continua sendo a lei da felicidade, a lei da paz e um indispensável requisito, para gozarmos da proximidade de Deus.

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana