Notícias da Igreja no Brasil

Beatificação de padre Vítor deve reunir 100 mil pessoas

Cerimônia será realizada neste sábado em Três Pontas (MG);
beatificação de padre Vítor já movimenta a diocese de Campanha

Santuário de São Sebastião, no Rio de Janeiro,


Francisco de Paula Vítor, o padre Vítor, será beatificado neste sábado, 14. Cerca de 100 mil pessoas devem comparecer à cerimônia que será presidida pelo Cardeal Angelo Amato, representante do Papa na ocasião.

Sobre os preparativos, a Rádio Canção Nova conversou com o bispo de Campanha (MG), Dom Frei Diamantino Prata de Carvalho. Ele contou que toda a diocese está se movimentando para participar da Missa de beatificação que será às 16h na cidade mineira de Três Pontas. Estão sendo aguardados muitos fiéis, bispos, religiosos e padres.

“Estamos esperando 100 mil pessoas. O evento acontecerá no aeroporto local. Já temos a montagem do palco onde se colocará um presbitério, com altar, ambão e demais apetrechos. Já está montado também um pequeno palco para o coral e também um espaço para a imprensa que virá para acompanhar o evento”.

Dom Diamantino destacou que padre Vítor mostrou que é possível ser santo independente da raça e da cor; seu exemplo de vida cativou o povo de Três Pontas. “Agora ele vai interceder por nós no céu junto de Deus como intercedeu pela Isabel Maria que foi curada de um mal nas trompas e realmente ela teve uma menina e até depois do milagre aconteceu mais uma gravidez”.

Entre seu legado social, padre Vítor deixou escolas, hospitais e iniciou a construção da Igreja onde foi sepultado. “Sobretudo, a simplicidade, humildade e caridade atraíram todos os seus paroquianos”, ressaltou Dom Diamantino.

O bispo contou que padre Vítor enfrentou muitos preconceitos, em especial por ser negro, mas soube lidar e transpor as dificuldades. “Ele superou tudo, por isso é o homem da mansidão, da caridade e assim nós o veneramos também porque foi homem de muita misericórdia e de muito amor para com todos”.

Fonte do site acidigital

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana