Notícias da Igreja no Brasil

Catecismo: exposição da Fé da Igreja e da doutrina católica

Papa Francisco veio escancarar todas as portas, declara bispo

O Beato João Paulo II promulgou no dia 11 de outubro de 1992 o Catecismo da Igreja Católica. Estamos comemorando os 20 anos desta promulgação junto com os 50 anos do Concílio Vaticano II dentro do Ano da Fé, que está para findar”, escreveu o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, escreveu em seu mais recente artigo.

Dom Orani iniciou seu texto lembrando da preparação do novo Catecismo, durante a Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos, convocada pelo então Papa João Paulo II, em 1985, para tratar dos frutos do Concílio Vaticano II na vida da Igreja.

Segundo o prelado, todos nós, por ocasião do Ano da Fé, sabemos da importância de reler, estudar e aprofundar o Catecismo da Igreja Católica.

“O Catecismo contém o compêndio das verdades da Fé católica, e, segundo o Papa João Paulo II: ‘A catequese encontrará nesta genuína e sistemática apresentação da Fé e da doutrina católica uma via plenamente segura para apresentar, com renovado impulso, ao homem de hoje, a mensagem cristã em todas e em cada uma das suas partes’”.

Ainda de acordo com o Arcebispo, com base nas palavras do Beato, “‘deste texto, cada agente de catequese poderá receber uma válida ajuda para mediar, a nível local, o único e perene depósito da Fé, procurando conjugar contemporaneamente, com a ajuda do Espírito Santo, a maravilhosa unidade do mistério cristão com a multiplicidade das exigências e das situações dos destinatários do seu anúncio’”.

O Catecismo, explicou Dom Orani, “é uma exposição da Fé da Igreja e da doutrina católica, testemunhadas ou iluminadas pela Sagrada Escritura, pela Tradição Apostólica e pelo Magistério da Igreja”, sendo “um instrumento válido e legítimo da comunhão eclesial e serve como uma norma segura para o ensino da Fé, do qual todos os batizados são convocados a transmitir às novas gerações”.

“Vamos continuar a aprofundar o texto do nosso Catecismo ou o seu Compêndio e, em nossas comunidades, paróquias e grupos eclesiais estudá-lo e transmiti-lo aos irmãos e irmãs. O Catecismo é o texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da doutrina católica”, ressaltou.

No final do artigo, o prelado convidou todos os fiéis arquidiocesanos a participarem, no próximo dia 23 de novembro, do encerramento do Ano da Fé, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no Rio de Janeiro. (LMI)

Por Gaudium Press, com Arquidiocese do Rio de Janeiro

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana