oracoes-da-obra-missionaria

Religiões se unem para combater o tráfico humano e a escravidão

Acordo será assinado, na próxima semana, no Vaticano. Líderes religiosos estudarão juntos formas eficazes de combater a escravidão e o tráfico de pessoas

Religiões se unem para combater o tráfico humano e a escravidão

A Santa Sé informou, nesta sexta-feira, 14, que representantes de grandes religiões irão assinar  um acordo para combater as modernas formas de escravidão e tráfico de pessoas. A assinatura ocorrerá, na próxima segunda-feira, 17, no Vaticano.

Será realizado, na Sala de Imprensa da Santa Sé, na própria segunda-feira, uma coletiva de apresentação do acordo intitulado “Global Freedom Network”. Estarão presentes o representante do Grande Imã de Al-Azhar, Egito, Dr. Mahmoud Azab. Também participará o representante do arcebispado anglicano de Canterbury, Reverendo Sir David John Moxon.

O Papa Francisco será representado pelo chanceler das Pontifícias Academias das Ciências e Ciências Sociais, Dom  Marcelo Sánchez Sorondo. Os dois departamentos vaticanos, a pedido do Papa, estão envolvidos nos estudos e medidas contra o tráfico humano e os casos de escravidão.

A presença do representante do Imã de Al-Azhar, líder islâmico sunita,  significa um grande passo no diálogo com o Vaticano. Em fevereiro de 2011, o Imã  rompeu  as relações com a Santa Sé, após as palavras de Bento XVI sobre um ataque aos cristãos coptos de Alexandria, Egito.

Na coletiva de imprensa, será divulgado o modo como será desenvolvido o acordo e suas formas de ação na luta contra a escravidão e o tráfico de pessoas.

Fonte do site Canção Nova

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana