Notícias sobre o Papa Francisco

Na catequese, Papa recorda sua viagem à Turquia

Ao recordar viagem à Turquia, Papa reiterou necessidade de seguir no caminho do diálogo ecumênico e inter-religioso

Papa exorta cristãos a ter esperança mesmo com adversidades

A recente viagem do Papa Francisco à Turquia foi o tema da catequese desta quarta-feira, 3, com os fiéis reunidos na Praça São Pedro. O Pontífice recordou momentos marcantes de sua visita e reiterou o desejo de seguir no caminho do diálogo ecumênico e inter-religioso.

Francisco observou que, embora a Turquia seja um país de maioria muçulmana, sua constituição é baseada na laicidade do Estado.

“Insisti na importância de que cristãos e muçulmanos se empenhem pela solidariedade, paz e justiça afirmando que todo Estado deve assegurar aos cidadãos uma verdadeira liberdade de culto”.

No segundo dia, o Santo Padre visitou lugares sagrados para o povo na Turquia. O centro do dia foi a Missa que reuniu pastores de diversos ritos católicos no país. Francisco não deixou de mencionar o encontro com o Patriarca Bartolomeu I.

“Juntos, invocamos o Espírito Santo, que faz a unidade da Igreja, unidade na fé, na caridade, na condição interior. O povo de Deus é chamado a deixar-se guiar pelo Espírito Santo com docilidade”

Outro momento especial recordado hoje por Francisco foi a Festa de Santo André. Nesta ocasião, o Pontífice disse que pôde renovar com Bartolomeu I o empenho recíproco em continuar com o caminho para restabelecer a comunhão entre católicos e ortodoxos.

“A oração, de fato, é a base para todo frutuoso diálogo ecumênico sob a guia do Espírito Santo”, afirmou o Papa, lembrando ainda a assinatura da declaração conjunta, em que ele e Bartolomeu I reiteraram intenções e preocupações comuns.

O último compromisso do Papa na Turquia foi o encontro com jovens refugiados assistidos pelos salesianos. Este momento foi definido pelo Santo Padre como belo, mas doloroso. Para ele, era muito importante que tivesse a oportunidade de se encontrar com os refugiados, para exprimir a eles sua proximidade e falar da importância do acolhimento. “Rezemos por todos os refugiados para que sejam removidas as causas dessa dolorosa chaga”

O Santo Padre confirmou seu reconhecimento às autoridades civis e religiosas da Turquia. Ele agradeceu ao presidente e demais autoridades, bem como aos bispos da Igreja católica no país e ao Patriarca Bartolomeu I.

Assim como pediu orações dos fiéis antes de viajar, Francisco convidou-os a dar graças pela realização da viagem e a pedir que ela possa dar frutos de diálogo nas relações com os irmãos ortodoxos e muçulmanos, rumo à paz entre os povos.

Com o tempo chuvoso, os fiéis doentes acompanharam a catequese na Sala Paulo VI pela televisão. Antes de ir para a Praça São Pedro, Francisco encontrou-se com eles para uma saudação.

Fonte do Canção Nova

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana