Notícias sobre o Papa Francisco

Papa indica caminho da humildade para alcançar a salvação

Partindo do Evangelho do dia, Santo Padre explicou que Deus salva o homem justamente em seus erros, motivo pelo qual é preciso ser humilde

papa francisco

O que nos salva não é a nossa segurança de observar os mandamentos, mas a humildade de ter sempre necessidade de ser curado por Deus. Esta foi, em síntese, a reflexão do Papa Francisco na Missa presidida, nesta segunda-feira, 24, na Casa Santa Marta.

“Nenhum profeta é bem recebido em sua pátria”. A homilia do Papa partiu destas palavras que Jesus dirige aos Seus conterrâneos (Evangelho do dia), os moradores de Nazaré, junto aos quais não podia realizar milagres, porque eles não tinham fé.

Francisco citou os dois episódios recordados por Jesus: o milagre da cura da lepra de Naamã, o sírio, e o encontro do profeta Elias com a viúva de Sarepta. Francisco explicou que, naquela época, os leprosos e as viúvas eram marginalizados, mas esses dois, acolhendo os profetas, foram salvos. Em vez disso, os moradores de Nazaré não aceitavam Jesus, porque estavam tão seguros em sua fé e na observância dos mandamentos que não tinham necessidade de outra salvação.

Segundo o Papa, trata-se do “drama da observância dos mandamentos”, o que acontece sem fé. É uma atitude de pensar que é possível salvar a si mesmo, indo à sinagoga e obedecendo aos mandamentos. Mas Francisco lembrou a necessidade de humildade.

“Jesus nos diz: ‘Mas, veja, se você não se marginaliza, não se sente à margem, não terá salvação’. Esta é a humildade, o caminho da humildade: sentir-se tão marginalizado a ponto de precisar da salvação do Senhor. Somente Ele salva, não a nossa observância dos preceitos. Mas isso não os agradou, ficaram irritados e quiseram matá-Lo”.

Essa mesma irritação atingiu inicialmente Naamã, lembrou o Papa, porque ele achou ridículo e humilhante o convite para que se banhasse sete vezes no rio Jordão, a fim de ser curado da lepra.  Deus pediu-lhe um gesto de humildade e, quando ele aceitou, foi curado. “Esta é a mensagem de hoje, terceira semana da Quaresma: se nós queremos ser salvos, devemos escolher o caminho da humildade”, disse Francisco.

Outro exemplo dado pelo Santo Padre foi o de Maria, que, no seu cântico, diz que é feliz não porque Deus olhou para sua virgindade, bondade e doçura, mas porque olhou a humildade de sua serva.

“É para isso que o Senhor olha. E devemos aprender essa sabedoria de nos marginalizarmos para que o Senhor nos encontre. Não nos encontrará no centro das nossas seguranças; ali o Senhor não vai. Ele nos encontrará na marginalização, nos nossos pecados, nos nossos erros, nas nossas necessidades de sermos curados espiritualmente, de sermos salvos. (…) Peçamos a graça de ter essa sabedoria de nos marginalizarmos, a graça da humildade para receber a salvação do Senhor.”

Fonte do Canção Nova

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana