Notícias sobre o Papa Francisco

Papa pede perdão por atitudes não cristãs contra os valdeses

Francisco encontrou-se com pastores da Igreja Valdese em Turim; por parte da Igreja católica, pediu perdão por todas as atitudes não cristãs cometidas contra eles ao longo da história


Papa pede perdão por atitudes não cristãs contra os valdeses

Em atitude de humildade, o Papa Francisco pediu perdão à Igreja Evangélica Valdesa em Turim, na Itália, por todos as atitudes não cristãs cometidas contra eles ao longo da história. O gesto do Papa aconteceu durante o encontro com pastores valdeses nesta segunda-feira, 22, segundo e último dia de sua visita à cidade italiana.

“Por parte da Igreja Católica, eu lhes peço perdão pelas atitudes e os comportamentos não cristãos, até mesmo não humanos que, na história, tivemos contra vocês. Em nome do Senhor Jesus Cristo, perdoem-nos!”.

O pedido de perdão por parte do Papa se inseriu no contexto da unidade cristã enfatizada em seu discurso. A unidade não significa uniformidade, explicou o Papa, ressaltando que os irmãos não aceitam sua diversidade e acabam fazendo guerra uns contra os outros. E como fruto desta intolerância, foram cometidos atos de violência em nome da própria fé.

Francisco destacou que, nos dias de hoje, as relações entre católicos e valdeses são sempre mais fundadas no respeito mútuo e na caridade fraterna. Entre os campos de colaboração comum, estão a evangelização e o serviço à humanidade que sofre.

“A escola dos pobres, dos últimos, daqueles que a sociedade exclui, nos aproxima do coração de Deus, que se fez pobre para nos enriquecer com a sua pobreza e, consequentemente, nos aproxima mais uns dos outros.”

Recordando que a comunhão se faz caminhando, com a contínua conversão pessoal e comunitária, o Papa agradeceu pelo encontro, uma ocasião que, para ele, deve confirmar um novo modo de ser uns com os outros. “Olhando antes de tudo para a grandeza da nossa fé comum e da nossa vida em Cristo e Espírito Santo e, somente depois, para as divergências que ainda suscitam.”

Com a visita à Igreja valdesa, o Papa encerrou seus compromissos públicos em Turim. Ao final da manhã, ele se encontrou com alguns de seus familiares, na sede do Arcebispado, para os quais celebraou a Missa.

Antes de deixar a cidade, Francisco encontrará os membros do Comitê da Exposição do Sudário, os organizadores e os financiadores da visita. Às 17h30 locais, o Papa partirá de Turim rumo a Roma.

Fonte do site Canção Nova.

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana