A Subida para Jerusalém (Lucas 9,51-56)

Basílica de Lourdes, 12 de março de 2013

Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos, a fim de preparar hospedagem para Jesus. Mas os samaritanos não o receberam, pois Jesus dava a impressão de que ia a Jerusalém. Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para destruí-los?”
Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os. E partiram para outro povoado.

EXPLICAÇÃO DO EVANGELHO

Encontramos histórias interessantes nas palavras do Evangelho, que nos ajudam a conhecer Jesus um pouco mais.
Sabemos que São Lucas não conheceu Jesus. Ele era médico e escreveu o Evangelho baseando-se na escuta, ouvindo falar de Jesus e procurando notícias sobre Ele.
Para entendermos o que Jesus disse em Lc 9,51-56, temos que entender o que é ser samaritano. “Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos, a fim de preparar-lhe tudo. Eles, porém, não o receberam, pois caminhava para Jerusalém.”
Samaria era um povoado que ficava entre a Judeia e a Galileia. Todos que iam a Jerusalém passavam pela Samaria e podiam passar também por outro local chamado Transjordânia. No entanto, Jesus quis passar por Samaria, porque queria acabar com uma briga entre os judeus e os samaritanos que durava sete séculos, isto é, setecentos anos.
Existia uma grande rixa entre eles, e tudo começou quando pessoas daquela região foram enviadas para a Síria como escravos e lá adquiriram uma parte da cultura daquele povo. Quando retornaram, fixaram residência no povoado de Samaria e ali começaram a reverenciar, além do Deus dos judeus, outros deuses da Síria. Os judeus não gostaram disto e proibiram os samaritanos de entrar no templo de Jerusalém. Por isto todos que iam a Jerusalém evitavam passar por Samaria, porque os samaritanos hostilizavam os peregrinos que se dirigiam a Jerusalém.
Jesus, no entanto, queria mostrar àquelas pessoas, que caminhavam com ele, que estava ali para salvar almas, não para jogar as pessoas ao fogo, não para matar ninguém. Jesus queria dar o exemplo de que devemos procurar aquelas pessoas que não conhecem Deus verdadeiramente e evangelizar no meio de todos, onde todos se conheçam e se tratem bem.
“Eles, porém, não o receberam, pois caminhava para Jerusalém.”
Em vista disto, os discípulos Tiago e João disseram-lhe: “Senhor, queres que ordenemos desça fogo do Céu para consumi-los?” Eles tiveram uma ideia errada da situação, e foi como dissessem: isto está errado, eles não querem receber o Senhor! Deixa-nos destruir estas pessoas.
“Ele, porém, voltando-se, repreendeu-os. E partiram para outra vila.”
A reação de Jesus foi para dizer-lhes: que coisa horrorosa, Eu vim para evangelizar, para salvar vocês, para dar-lhes vida. Foi isto que Jesus quis dizer.

(Explicação do Evangelho por Raymundo Lopes)

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana