O Retorno de Jesus - Segunda Vinda de Jesus - A Valta de Jesus

SIM - Serviço de Informação Mariana

Todos precisam entender o que Nossa Senhora realmente deseja

sim-servico-de-informacao-mariana

Um coerente ato de amor a Maria Santíssima, e também um ato de caridade a todos nós que necessitamos ser informados com lógica e objetividade sobre a vinda de Jesus.

Atualmente proliferam entre nós, católicos e outras denominações religiosas, uma imensidão de associações, grupos evangélicos etc., cujo objetivo esconde também uma imensidão de conceitos interesseiros que se veem carregados de carismas caridosos, como por exemplo matar a fome de quem necessita, dar amparo a doentes, usar de ombro amigo nos momentos aflitivos etc. Todos, sem exceção, acabam caindo no rol do toma-lá-dá-cá.

Por que não se lembrar das palavras de Jesus – pobres vocês terão sempre – e dar ênfase à caridade de informar, ao enorme contingente cristão e não-cristão, sobre uma verdade que o demônio insiste em esconder da humanidade: o retorno do grande Mestre de Nazaré?

No nosso entender, essa é a maior das caridades, pois engloba todas as outras, porque nem só de pão vive o homem, como proclama a Palavra de Deus.

Essas associações megalomaníacas acabam envolvendo gente simples, com o espírito voltado a Deus, num frenesi extremamente ruidoso, onde somas enormes são consumidas para construir impérios cujo único objetivo é tão-somente enriquecer uma minoria que desconhecemos, que não sabemos de quem se trata.

Eles se escondem atrás de atos caridosos, de rádios, televisões, jornais, encontros onde se reúnem no calor estonteante carismático e pentecostal, homilias bombásticas enfatizando que temos a necessidade de contribuir sempre e cada vez mais. Para essas pessoas cobrirem um pouco o vergonhoso buraco do roubo provocado por essas ações, destinam uma ínfima parte desse dinheiro para atender alguns miseráveis, e futuramente fazer deles objeto de novas arrecadações.

Deus não impede, mas abomina esses movimentos, pois mais tarde quem irá pagar a conta somos nós que instintivamente incentivamos esses procedimentos pecaminosos encaminhando a eles aquilo que poderia, sem sombra de dúvida, ajudar a  fazer valer outra caridade maior:

a necessidade de uma informação segura a respeito do retorno de Jesus.

Este foi o motivo da criação do SIM – Serviço de Informação Mariana, que por circunstâncias alheias a essa falta de informação incentivada pelo diabo, morre à míngua, insistindo em sobreviver num sofrido CTI. E sabe qual o nosso carisma, contra o qual satanás luta?

Investimos tudo o que ganhamos em informação sobre o retorno de Jesus, criamos sites, publicamos livros, panfletos e, por livre desprendimento de seu fundador, ocupamos cinco salas num bairro central de Belo Horizonte, que lhe pertencem e que poderiam render-lhe boa soma em aluguéis. Ele permitiu que em sua residência se formasse uma capela que põe em risco a estabilidade de sua família, pois sua casa é literalmente invadida por uma sorte muito grande de pessoas das quais nem sempre se sabe quais as verdadeiras intenções.

Quantas vezes o diabo nos manda recados, como: larguem tudo isso, não vale a pena, vocês estão morrendo à míngua por nada e, mais ainda, ninguém acredita mais nessa promessa de que Jesus retornará, mesmo porque nesses dois mil anos de espera providenciei para que essas palavras proféticas se realizem sem que ninguém saiba.

Quase toda semana, satanás dispara pela boca de alguém: “Não ajudo porque vocês não fazem caridade, procurem se filiar a uma creche ou asilo que ajudo!!”

E por aí vai nosso calvário, por onde de vez em quando aparece uma verônica para nos fornecer o consolo de uma toalha, ou um cireneu. Mas sabemos que nosso destino é a cruz.

Como nosso propósito é anunciar que Jesus está a caminho de volta, e para que Ele não nos pegue despreparados, mesmo sabendo que subindo esse calvário iremos terminar crucificados, não desistimos.

Raymundo Lopes

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana