Cronicas de Raymundo Lopes
Filhos de Deus

22 de Agosto de 2017

Filhos de Deus

São muitos os questionamentos quando o assunto é a espiritualidade, contudo, percebe-se uma constatação na mente de muitos pelo mundo afora.
Somos todos filhos de Deus?
Inclusive quando se sentem injustiçados ou em desvantagem diante de alguma situação, logo dizem:
Eu também sou filho de Deus.
Nesta obra, Missionários do Coração Imaculado, apresento uma rica exposição de argumentos que nos levam a refletir sobre essa filiação divinal da qual nos apossamos tão naturalmente.
Portanto a fé, como brasa viva no interior, impõe atitudes que a razão não explica. Daí a certeza da necessidade de o sacrifício ser pessoal e feito por livre e espontânea vontade.
Deus é espírito, o nascido do Espírito também é espírito.
Portanto, os nascidos do Espírito têm a mesma natureza de Deus.
São espíritos, ou seja, são espirituais, por isso são filhos de Deus como o primogênito de Deus Yeshua.
Receberam o poder de serem feitos filhos de Deus, poder este que os distingue de todos os demais seres humanos.
Os nascidos do Espírito têm a autoridade do Senhor Yeshua sobre todo o poder do Diabo; o principal deste mundo é impotente diante dele.
Por essa razão são considerados pelo Altíssimo raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, “a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para sua maravilhosa luz”.
Consequentemente, os nascidos do Espírito têm a mente do Senhor Yeshua, são o sal da terra, a luz do mundo e o perfume de Deus neste mundo condenado.
E mais do que isso ainda têm a fé, o poder de Deus disponível para atender as suas necessidades físicas e espirituais.
Como nosso Deus é grande e glorioso, não obriga ninguém a segui-lo, mas faz aqueles que sacrificam suas vidas por Ele ressuscitarem juntamente com Yeshua e assentarem-se com Ele nos lugares celestiais.

Raymundo Lopes



2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana