Cronicas de Raymundo Lopes
Não são anjos de Deus

Raymundo Lopes - 01 de novembro de 2016

     Não são anjos de Deus

No caos da vida moderna, não é fácil distinguir os verdadeiros anjos dos que nos afastam da verdade.
Antes de chegar a isso, não poucas vezes somos vítimas dos mentirosos, que pululam por toda parte.
Os caminhos do mundo estão infestados de inúmeras formas que prometem paraísos inexistentes e de iludidos, que iludem os outros menos atentos.

Não são anjos de Deus os que querem reformar o mundo sem reformar a si mesmos, eles que são os mais necessitados de reforma porque são egoístas.

São falsos anjos os que pregam e defendem os direitos enquanto ignoram os deveres, os que obrigam e impõem e não conhecem o amor, os que procuram mais aparecer do que ser.

São também falsos anjos os que vivem apenas no plano cerebral com mentes frias e anêmicas, carentes do verdadeiro calor do espírito, mesmo material ou psíquico.

Eles não sabem indicar metas mais altas, porque não as veem. Revestidos de orgulho, são impedidos de fazê-lo pelo diafragma que inibe a penetração da luz do alto.

A luz da mente é luz reflexa, luz lunar, não própria, isenta de calor próprio, incapaz de fazer nascer e alimentar a vida.

Portanto, são falsas luzes que enganam os que não sabem discernir.

Não são anjos os que ignoram o fim último da humanidade, como não são de Deus se não sabem indicar o caminho a ser seguido.

São apenas fogos-fátuos, vaga-lumes errantes ou, antes, palha úmida que produz muita fumaça e não chama.

Raymundo Lopes



2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana