Cronicas de Raymundo Lopes
O que ando escrevendo é uma história que nunca pensei escrever.

Raymundo Lopes - 27 de setembro de 2016

O Pder de Deus

Por natureza sou uma pessoa muito reservada, ensinaram-me que se eu tivesse dias alegres e tristes deveria guardá-los para mim mesmo. Padre Agostinho disse-me que não deveria jamais falar neles; mas, quando menos esperava, minha vida e minha saúde sofreram uma mudança assustadora. Percebi então que, ao registrar o que me acontecera, poderia ajudar outros a enfrentarem a mesma coisa.

Foi uma das coisas mais difíceis que me aconteceram: quebrar o tabu de abordar uma questão tão pessoal. No fundo, porém, eu sabia que não era caso para guardar silêncio ou reticências. Certo dia sentei-me em frente ao meu computador e, com coragem, comecei a escrever minha história, esta história que vocês leem todos os dias.

Raymundo Lopes

2007 @ Todos direitos reservados para o SIM-Serviço de Informação Mariana